Propostas das Chapas Eleitorais
Os médicos que formam a Chapa 1 CRM Responsável têm sua história construída nos consultórios, ambulatórios, enfermarias e centros cirúrgicos. Alguns atuam no setor público, tanto na prática profissional quanto como gestores; outros são sócios e administradores de clínicas privadas, com reconhecida competência; outros ainda têm passagem na administração de cooperativas e na diretoria de sociedades de especialidades.
 
O objetivo é aperfeiçoar a educação médica, a defesa da profissão, a luta por melhores condições de trabalho e remuneração, a constituição de uma carreira de estado para o médico e a melhoria no atendimento à população, representando o que cada médico espera de seu Conselho de classe. São profissionais que conhecem as aspirações do médico catarinense e tem capacidade para fazer isso acontecer.
 
A chapa 1 CRM Responsável promove uma renovação superior a 60%. São 25 novos componentes trazendo novo ânimo e ideias que se unem à experiência de 15 membros do corpo de conselheiros que agora encerra seu mandato.
 
Rejuvenescer e revigorar é necessário, e a experiência na medida certa é indispensável para o aprendizado das complexas questões relacionadas ao Direito Público, que rege o funcionamento dos Conselhos. Este conhecimento, bem como das atividades específicas da instituição, tornam a vivência de quem já é conselheiro um fator essencial para o correto desempenho dos trabalhos.
 
O atual corpo de conselheiros desenvolveu inúmeras ações positivas para os médicos e a população catarinense, sempre com total transparência. Promoveu fóruns de ética médica e de Bioética, trabalhou junto com o SIMESC na solução de problemas relativos ao SAMU, às UPAs, agilizou os serviços via internet, foi a várias cidades do Estado para reuniões com médicos, para esclarecer dúvidas e estimular a resolução de conflitos e dificuldades. A desburocratização e agilização dos serviços foram resultado de um esforço bem-sucedido, que será continuado e ampliado, sem necessidade de documentos físicos para inscrição e com maior prazo para renovação dos certificados.
 
Nossos candidatos têm familiaridade com a vida acadêmica, estão preparados para avaliar escolas médicas. Vamos zelar pelo médico residente, acompanhando a sua formação e promovendo seu aperfeiçoamento ético. Continuaremos a dar assistência ao jovem médico, criando ambiente favorável para sua ascensão profissional dentro de padrões técnicos e éticos ideais.
 
Vamos manter a boa relação com as instituições que defendem a cidadania, como a Vigilância Sanitária, o Ministério Público e a Magistratura. Especial atenção merece o COSEMESC, exemplo nacional do entendimento entre as entidades.
 
Continuaremos a apoiar a atuação institucional do Sindicato dos Médicos do Estado de Santa Catarina e da Associação Catarinense de Medicina na defesa da boa prática médica, da valorização do trabalho e da remuneração do médico.
 
Vamos aperfeiçoar a tecnologia de informação e a comunicação, sempre buscando dar ao médico e à comunidade a resposta mais ágil e correta nas suas demandas, com manutenção e aperfeiçoamento do 0800, Fale Conosco (ouvidoria), Facebook, Instagram. Daremos continuidade às ações institucionais, como a educação continuada e as reuniões com os colegas e diretores de hospitais.
 
Dentre outras medidas, pretendemos instituir a comissão de trabalho médico, para acompanhamento e busca de soluções para problemas da prática profissional. Também iremos instituir a comissão de assuntos políticos do CRM, para acompanhamento de questões ligadas à saúde nas esferas de governo.
 
Nosso projeto para o CRM-SC é, em primeiro lugar, melhorar cada vez mais o relacionamento com os médicos catarinenses, com respeito e eficiência na gestão, orientando as ações institucionais para a boa prática e o exercício ético da profissão, com a efetiva participação de cada médico. O CRM-SC é a casa de todos os médicos de Santa Catarina!
A Chapa 2 Novo CRM é formada por médicas e médicos imbuídos do propósito e o compromisso da renovação, agilidade, transparência e ampliação de práticas educativas de orientação profissional.

Nosso grupo reúne experiência e juventude, colegas de diversas especialidades e representação em todas as regiões do Estado. Temos a segurança e o respaldo de nos apresentarmos com o apoio e participação de conselheiros de grande representatividade na construção da história do nosso CRM e do Conselho Federal de Medicina.

Nossa compreensão é de que o momento exige mudanças, e para isso é necessário inovar e modernizar as práticas administrativas da nossa Entidade e principalmente, melhorar a relação e proximidade com os médicos que atuam em Santa Catarina.

Avalie nossas propostas. Participe do debate. Com seu apoio, surgirá um Novo CRM:
 
1. Tornar o CRM mais próximo dos Médicos catarinenses, através de contatos mais frequentes e utilização de tecnologias que permitam maior interação e orientação ética.

2. Intensificar o relacionamento do Conselho com as autoridades competentes, visando coibir a prática ilegal da medicina.

3. Fomentar maior integração do CRM com as demais entidades Médicas componentes do COSEMESC.

4. Promover Educação Continuada nas diversas regiões do estado.

5. Promover maior apoio aos diretores técnicos e clínicos dos estabelecimentos de saúde.

6. Impulsionar a Comissão do Jovem Médico, aumentando a interação do CRM com os Médicos recém-formados.

7. Tornar o site do CRM mais ágil e de fácil utilização por parte dos Médicos, permitindo a emissão de documentos, certidões e informações com rapidez e segurança.

8. Criar o Serviço de Ouvidoria CRM-SC para identificar problemas percebidos pelo médico catarinense como deficiências ao bom funcionamento da instituição.
 
9. Revitalizar o E-Cremesc como ferramenta de conteúdo e orientação ética.
 
10. Aproximar o Médico Catarinense do CRM por meio de mídias digitais.
 
11. Promover orientação ética e profissional aos estudantes de Medicina, desde o início da sua formação acadêmica.
 
12. Proporcionar suporte e orientação às comissões de Ética de hospitais e clínicas.
 
Não perca a oportunidade de votar para mudar!

Agradecemos sua atenção e o seu apoio.
Este nome diz muito do que somos e porque viemos.

Somos Oposição porque queremos mudar. Não estamos contra os colegas que fazem ou fizeram parte do Conselho. Eles deram imensa contribuição, e, passado o pleito, teremos que estar juntos, unidos, para buscar os nossos objetivos como classe médica única.

Somos Oposição à postura histórica que permeia o comportamento de quase todos os Conselhos no Brasil: preservar estritamente o direito da população contra atos que venham a ferir o Código de Ética Medica. Embora seja extremamente necessário e correto, não é mais o suficiente, pois um Conselho moderno deve ser parceiro, apoiar e defender o médico. Uma vertente unilateral para nós é incompleta, é manca, deve ser ampliada. É direito do cidadão: ter a melhor assistência médica, isto extremamente correto, imperioso, é nosso objetivo e a espinha dorsal da profissão que abraçamos. Não podemos esquecer os direitos do profissional, relacionados com as condições de trabalho, qualidade de vida e aspectos concernentes aos seus honorários, que devem ser compatíveis com a meritocracia e sua responsabilidade.

Somos 100% Renovação, nenhum dos componentes de nossa Chapa participou de diretorias do Conselho, apenas um componente foi conselheiro suplente na gestão 1998/2003.

Somente como ORDEM DOS MÉDICOS DO BRASIL, como Classe Médica Unida, congregada em uma única instituição, semelhante ao que ocorre com a Associação Médica Americana, Ordem dos Médicos de Portugal e tantas outras, seremos os protagonistas da Saúde.

Não devemos permitir interferências desastrosas na condução da Medicina.  Nossa equipe tem ideias, vitalidade e muita vontade de construir a completa RENOVAÇÃO do nosso Conselho. Com a ajuda de todos vocês. Temos a certeza que esta gestão deve ser orgulho dos médicos catarinenses e modelo para o Brasil.
Queremos mudar e vamos mudar para todos nós.

Trabalhar para um CRM do Século XXI!
Tornar o nosso CRM, a Casa do Médico!
 
Propostas:
  • Construir o embrião da Ordem dos Médicos do Brasil (CRM/ACM/SIMESC), iniciar convidando o Sindicato dos Médicos de Santa Catarina para estar junto conosco na sede do CRM na SC401, como um “Cosemesc Diário”, não só como um acontecimento eventual, como é hoje, quando participam, às vezes, apenas três pessoas. Realizar um trabalho forte e democrático. Esta prática deve estruturar necessárias modificações para uma proposta de alteração legislativa complementar ao Decreto nº 44.045 de 19 de Julho de 1958 com o objetivo de atender as demandas da classe.
  • Ter um Departamento de Assistência Jurídica para orientar e apoiar os médicos nas crescentes demandas judiciais, que tiveram aumento de 1.600% de 2011 a 2017.
  • Coordenar a criação de uma PJ (Cooperativa) em todo o Estado de Santa Catarina com o objetivo de facilitar os aspectos burocráticos individuais como custos, gestão e principalmente servir como força de negociação entre médicos e empresas. Os honorários adequados devem também permitir que você possa ter sua Previdência Privada e seu Seguro Médico. O Conselho não pode participar dentro da pessoa jurídica, mas pode e deve incentivar esta ação fazendo sua coordenação, com respaldos éticos e legais.
  • Fazer a capilarização das propostas e ações tendo como rotina semanal encontros com conselheiros e médicos na sede do CRM para tratativas de interesse da classe, incentivando os colegas a frequentarem o nosso CRM – a Casa do Médico.
  • Proporcionar acesso ao Julgamento Ético-Profissional através de um sistema com certificação digital e identificação dos atores com números randômicos disponibilizados a você através da intranet, vivenciando julgamentos simulados e exercícios, que permitirão aprimorar o conhecimento da Bioética e entendimento de possíveis penalizações.
  • Implantar a Política de Defesa do Ato Médico, e ações correlatas, onde o Conselho deverá ter equipe e sistemas que possam identificar profissionais não médicos que executem atividades em áreas de especialidades que ferem a Lei do Ato Médico, e exigir dos órgãos competentes as ações legais cabíveis.
  • ... aqui sua proposta para o nosso CRM ... venha conosco.

    Conheça as nossas propostas no website oficial.
    Se você não está satisfeito e quer melhorar o nosso CRM, Vote Chapa 3.